Lisandro Lauretti, descendente de família italiana, conta que uma de suas primeiras experiências na cozinha foi por volta dos 5 anos. “Uma vizinha percebeu que eu tinha interesse em cozinhar, me chamava para ajudá-la e eu ficava batendo os bifes”, lembra. O gosto pela culinária o levou a cursar gastronomia e ele passou por vários restaurantes, entre eles Ferraz, Hooters e bufet Ginger.
Apaixonado pelo conceito de alimentação saudável com qualidade, um dia Lisandro escreveu um e-mail para a equipe do Jamie Oliver, e para sua surpresa obteve resposta. “Fui convidado para ir para Londres para conhecer como funcionava a estrutura do restaurante deles. Depois eles vieram ao Brasil. Passei três anos pesquisando fornecedores antes de montar o primeiro restaurante”, conta o chef. “Acredito que um chef tem a obrigação e a responsabilidade de fornecer a melhor alimentação possível. É preciso ter consciência que estamos lidando com a saúde das pessoas. Precisamos buscar uma alimentação mais saudável valorizando o que a natureza nos fornece, aproveitando bem a época de cada produto. Além disso, temos 80 itens que são proibidos no restaurante”, conclui.